Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


EdgeRank. Todos meus seguidores veem tudo que publico na minha Fan Page do Facebook? A resposta é direta e cruelNão. Assim, como o Google funciona com seu Page Rank, o Facebook também conta com seu algoritmo derelevância de conteúdo. Imagina se tudo que seus amigos e páginas que você curte aparecessem desorganizadamente na sua timeline sem nenhum filtro! Você estaria no Twitter… E as publicações provavelmente estariam perdidas para quem não estivesse online naquele exato momento.

O EdgeRank do Facebook
Nem todas as Fan pages de marcas grandes aparecem no seu feed de notícias sempre que você curte, correto? O Facebook vai filtrar este conteúdo calculando a importância de cada página para cada usuário. Se o cálculo do algoritmo não for positivo, provavelmente você não vai ver as atualizações da página mesmo curtindo ela. Muitas páginas têm feito campanhas para “adicionar à lista de interesses“, a única maneira de pular o Edgerank, porém haja boa vontade do seguidor, precisa ser MUITO fã.
LEIA TAMBÉM: INBOUND MARKETING, ATRAIA TRÁFEGO QUALIFICADO PARA SUA LOJA VIRTUAL
Se você administra alguma página no Facebook, o mais recomendado é tentar entender como funciona o algoritmo EdgeRank. Mas lembre-se sempre, o Facebook vai querer rentabilizar e dos usuários não vai cobrar, a cada dia as empresas precisarão pagar mais no Facebook Ads para atingir as pessoas, não tem como fugir.
Uma novidade como essa deixa bem clara a intenção da Rede Social:
FACEBOOK VAI TER ANÚNCIOS EM VÍDEO BEM NO MEIO DA TIMELINE.
O EdgeRank vai levar em consideração  a seguinte fórmula:

Algoritmo do Edge Rank
Sabendo a fórmula (Edge Rank = Afinidade x Peso x Tempo de Declínio), algumas dicas podem ser bem úteis para trabalhar melhor e aumentar a pontuação no algoritmo e aparecer para mais usuários:
1- Pense no seu Público-alvo (Afinidade): Afinidade é a quantidade de vezes que seus seguidores interagem por meio de likes, compartilhamentos e comentários nas suas publicações. Esse engajamento com sua marca é o que vai fazer sua publicação aparecer no feed do seguidor. O conteúdo publicado deve ser adequado ao que a marca se propõe e deve incentivar a interação do seguidor (4).
2- Varie o tipo de conteúdo (Peso): A variável de Peso vai levar em conta quantidade de interação dos seguidores com o conteúdo publicado. É importante entender que tipo de atualização traz mais interação com os fãs e trabalhar bem para que a interação continue, tenha volume. As fotos, por exemplo, são mais valorizadas que qualquer outro tipo de atualização. Trabalhe bem isso utilizando as dimensões corretas.
3- Variação de intervalo de publicações (Tempo de Declínio): Variação de tempo entre o horário da publicação e a interação ou até mesmo visualização do conteúdo publicado. Posso, por exemplo, interagir com um conteúdo publicado pela manhã apenas à noite. Experimente publicar em diferentes momentos do dia (e da noite), e entender quais são os horários e dias que seu seguidores interagem mais rápido.
4- Diga o que você espera para a publicação: Esse incentivo funciona da mesma maneira que um botão “call-to-action” (que incentiva a ação) de peças publicitárias. Encerrar o comentário de uma foto publicada com esses incentivos (“Curta!”, “Compartilhe!” “Dê sua opinião”, “Comente!”), fazem diferença, você pode se surpreender. Perguntas também podem ajudar bastante.
5- Diversão: A grande maioria das pessoas está no Facebook para se divertir. Se você conseguir associar seu negócio com algo mais leve e divertido terá um engajamento bem maior. Outra boa estratégia é não se fechar para o mundo. Não existe a necessidade de ignorar o que acontece lá fora.
Esteja sempre ligado em tudo que acontece e fale abertamente sobre estes assuntos também, mas lembre-se de falar de assuntos adequados e relevantes ao seguidores do seu negócio. Por exemplo: Se você fala de tem uma loja virtual de roupas seus seguidores não deverão se interessar por notícias de futebol, a não ser que você venda as camisetas dos clubes.
Outra “regra” inteligente a se considerar é: Reserve 1/3 do tempo para falar sobre sua marca, 1/3 para fazer perguntas aos seus seguidores e mais 1/3 para falar sobre outros temas que sejam interessantes para quem se interessa na sua marca.
Agora se você achou muito complexo pode pular todas essas regras com um simples atributo: seja muito, mas muito criativo.
FONTES: 435 DIGITAL | JENDERS.COM
CURSO MÍDIAS SOCIAIS NA PRÁTICA
Se você administra a página da sua empresa e fica meio perdido às vezes em como fazer com que ela tenha sucesso pode procurar algum curso especializado na área. Nós da Universidade Buscapé Company montamos oCurso Mídias Sociais na Prática, com um computador por aluno.
Curso Mídias Sociais na Prática
Além de temas como o EdgeRank, nele abordamos como montar umaestratégia adequada à sua marca escolhendo qual Rede Social que melhor dá resultado ao seu negócio (Facebook, Twitter, Google+, Youtube, Linkedin, Foursquare, Instagram?) e qual abordagem adotar. Além disso, aulas de Social Commerce, Facebook Ads e Análise de Métricas de Mídias Sociais. Estude mais sobre o assunto, um profissional com especialização tem argumentos de sobra para proporcionar mais resultados. Procure mais detalhes sobre o Curso Mídias Sociais na Prática, do Buscapé Company em uma grande parceria com a Impacta.
Publicações recomendadas:
  1. Marcas no Facebook: O que mudou em um ano
  2. Nova linha do tempo do Facebook
  3. Como melhorar sua Loja virtual no Facebook
 
Top