Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

O Sr. Fernando Mineli, de 62 anos, é um exemplo de que as recomendações médicas devem ser seguidas como garantia de uma vida mais saudável. Tendo passado por problemas cardíacos duas vezes, hoje ele reconhece a importância de hábitos de vida mais regrados. Confira seu depoimento a seguir:

Tenho 62 anos e há dois meses tive um infarto. Nunca tive diabetes, colesterol elevado, nem hipertensão. Mesmo assim, em 2005 também passei por um princípio de infarto, quando fiz um cateterismo para desentupir as vias e o médico me alertou em relação ao cigarro, pois sempre fumei muito. Se eu tivesse seguido as recomendações, talvez não tivesse sofrido esse infarto recentemente.

Sempre me alimentei fora de horário, chegava em casa tarde e dormia irregularmente. Além disso, fumava bastante, pois como gosto de jogar baralho, ele era o meu companheiro e, muitas vezes, eu fumava sem ter me alimentado direito. Também nunca pratiquei nenhum tipo de atividade física.

Um dia antes do meu infarto, passei muitas horas no bar, bebendo e jogando sinuca com os amigos. Voltei para casa por volta das 21 horas e senti uma dor no peito enquanto subia as escadas até o 4º andar. Ao chegar em casa, peguei álcool para passar nos punhos e ver se melhorava. Fui dormir e, quando acordei, continuei sentindo a mesma dor, que não era muito forte.

Chamei meu filho para que me levasse ao hospital, pois fiquei preocupado. Lá, fiz um eletrocardiograma e fui avisado de que ficaria internado por conta de uma alteração no coração. Depois disso, recebi a notícia de que faria cateterismo. Primeiramente, foram implantados dois stents e, após um mês realizei outro procedimento para implantar o terceiro.

Após o infarto, mudei muita coisa em minha vida. Parei totalmente de fumar, não exagero na comida, durmo e me alimento no horário e não estou bebendo, inclusive por conta dos remédios. Ainda não posso realizar exercícios físicos pelo fato de ter realizado cateterismo recentemente. Só não consegui mudar um hábito: açúcar no café. Sei que é importante diminuir o uso de açúcares.

Acho essa mudança muito importante para nosso bem. Pessoas com minha idade devem dormir e se alimentar na hora certa, além de tomar todas as medicações corretamente. Nessa época, temos que nos cuidar para nada acontecer.

Se eu pudesse mudar algo em minha vida antes de sofrer um infarto, com certeza pararia de fumar. Desde 2005 quando o médico me alertou após o primeiro cateterismo. Além disso, acho que precisamos estar mais regrados em relação aos nossos hábitos.


 
Top