Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Como saber a diferença entre essas duas doenças, os sintomas, como se prevenir e qual o tratamento

São Paulo, agosto de 2014 - O inverno chegou. A estação traz uma maior incidência de gripes e resfriados. Mas como saber se está gripado ou resfriado? Qual a diferença entre os dois? Primeiramente, é bom esclarecer que tanto uma como a outra são doenças virais e o tempo frio ou o vento não são causadores dessas enfermidades. O problema é que o tempo mais frio propicia que os ambientes fiquem mais fechados e sem a circulação de ar. Portanto, a proximidade entre as pessoas nos ambientes facilita a transmissão dos vírus.

Embora os sintomas entre gripe e resfriado sejam muito parecidos, os da gripe são bem mais intensos. “Muitas pessoas acreditam que qualquer espirro é sinônimo de gripe. Essa popularização do que é a gripe traz um grave problema, pois ela não é tão simples assim”, afirma o médico Pedro Saddi, professor do curso de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi. “Em crianças, pessoas idosas ou imunodeprimidas, pode até causar a morte”, relata.

Os sintomas do resfriado são nariz obstruído com secreção que pode vir com uma faringite branda, ou seja, uma leve dor de garganta e mal-estar. Habitualmente não há febre. Quem está resfriado apresenta essa sintomatologia durante três ou quatro dias e ela vai desaparecendo espontaneamente. Quem está resfriado não interrompe suas atividades, sejam elas de caráter físico ou intelectual.

Um paciente com gripe apresenta um quadro diferente. A febre aparece e ultrapassa 38,5º, podendo chegar aos 40º. Além da febre que persiste por vários dias, o paciente terá dores no corpo, mal-estar muito intenso que acabam por comprometer as atividades físicas e intelectuais. Trata-se de uma doença de maior extensão e intensidade, sobretudo para as pessoas debilitadas. A gripe pode causar complicações graves como pneumonia e, eventualmente, morte.

Somando todos os vírus que provocam resfriados, existem algumas centenas e, no transcorrer da vida, certamente seremos acometidos por dezenas ou mais deles. Vamos adquirindo imunidade, mas permanecemos com potencial para desenvolver a doença se entrarmos em contato com qualquer um dos demais. Por isso, as crianças têm mais resfriados, já que não são imunes. Já os vírus que causam a gripe são chamados de vírus Influenza. Os vírus da Influenza se caracterizam por estar em permanente mutação. Quando isso ocorre, surge um vírus primo do anterior e nós temos alguma defesa contra o novo porque conhecemos o mais antigo.

Geralmente não são necessários exames para diferenciar se você está gripado ou resfriado, pois, depois de 24 horas, os sintomas já deixam claro a gravidade do problema. Repouso não costuma acelerar a recuperação, mas pode ser interessante para minimizar a transmissão, já que tanto gripe quanto o resfriado são transmitidos pelo contato.

Alguns cuidados para evitar gripe

A transmissão do vírus da gripe ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz.

Alguns cuidados simples podem reduzir os riscos de contágio e disseminação do vírus, como:
- Cobrir boca e nariz com um lenço ou com a parte superior das mangas das roupas ao espirrar ou tossir, evitando assim que as secreções se espalhem pelo ar e possam contaminar outras pessoas;

- Evitar locais fechados;

- Lavar sempre as mãos com água e sabão;

- Manter a janela do transporte coletivo aberta, mesmo em dias mais frios para facilitar a circulação de ar;

- Descartar corretamente os lenços de papel no lixo.

* Pedro Saddi, médico especialista em clínica médica e endocrinologia. Tem doutorado em endocrinologia clínica pela Escola Paulista de Medicina e é professor da Escola de Ciências da Saúde da Anhembi Morumbi

Sobre a Anhembi Morumbi

A Universidade Anhembi Morumbi, uma universidade de fronteiras e mentes abertas, é a primeira instituição internacional de ensino superior do Brasil. Desde 2005, faz parte da rede internacional de universidades Laureate, a maior do mundo, presente em 29 países, em mais de 75 instituições de ensino superior e mais de cem câmpus, totalizando 850 mil alunos. São oferecidos programas de graduação, graduação tecnológica e pós-graduação lato e stricto sensu. Possui oito escolas, abrangendo as áreas de Ciências da Saúde; Turismo e Hospitalidade; Negócios; Direito; Artes, Arquitetura, Design e Moda; Comunicação; Engenharia e Tecnologia; e Educação. Seus seis câmpus estão localizados na região da Avenida Paulista, na Vila Olímpia, no Centro, no Morumbi e no Vale do Anhangabaú. A Universidade Anhembi Morumbi possui laboratórios de última geração e diferenciais como a internacionalidade, já tendo enviado, desde 2006, milhares de alunos do Brasil para realização de cursos no exterior, além de receber centenas de estudantes estrangeiros em seus câmpus, que se tornaram locais multiculturais para o aprendizado. Outras vantagens são programas de dupla titulação – permitindo ao aluno ter diplomas válidos no Brasil e em outros países – e o Global Career Center, um portal com milhares de oportunidades de estágios e postos de trabalho no Brasil e no exterior.


Sobre a Rede Laureate Brasil

A Laureate Brasil, integrante da rede global líder em ensino superior Laureate International Universities, é formada por 11 instituições de ensino que possuem mais de 40 câmpus em oito estados brasileiros. Fazem parte da Rede Laureate Brasil as instituições: BSP - Business School São Paulo; CEDEPE Business School; Centro Universitário do Norte (UniNorte); Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS); Faculdade dos Guararapes (FG); Faculdade Internacional da Paraíba (FPB); Universidade Anhembi Morumbi; Universidade Potiguar (UnP); e Universidade Salvador (UNIFACS).


Sobre a Laureate International Universities

Líder global no segmento de Educação, a Laureate International Universities é uma rede internacional de universidades que provê acesso ao ensino superior de qualidade em instituições inovadoras do mundo todo. A Rede Laureate é formada por mais de 75 instituições, que oferecem cursos presenciais e on-line. Mais de 850 mil estudantes fazem parte da comunidade acadêmica, que está presente em 29 países da América do Norte, América Latina, Europa, África, Ásia/Pacífico e Oriente Médio.

As instituições da Laureate oferecem centenas de programas de graduação, mestrado e doutorado em áreas como arquitetura, artes, ciências da saúde, design, direito, educação, engenharia, gastronomia, hospitalidade, medicina, negócios e tecnologia da informação. William J. Clinton, 42º presidente dos Estados Unidos, é Chanceler Honorário da Rede Laureate International Universities. Nesse papel, aconselha a rede sobre temas ligados a responsabilidade social, liderança jovem e aumento do acesso ao ensino superior. Para mais informações visite o site www.laureate.net.



Informações para a imprensa:
Luciane Polisel

imprensa@anhembi.br

55 (11) 3292.1964



Ana Paula Martins

apmmartins@anhembi.br

55 (11) 3293.1757
 
Top