Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Se você estiver ansioso ou deprimido com o diagnóstico de Crohn e seus efeitos sobre a sua vida, tente adotar algumas estratégias de gestão do estresse

Ter uma boa noite de sono é essencial para manter a saúde, mas quando você tem a doença de Crohn, sintomas desconfortáveis, como gases e inchaço podem perturbar seu sono muito frequentemente. E, de acordo com um estudo feito por pesquisadores da Rush University, em Chicago, a falta de sono restaurador pode ocorrer mesmo quando a Doença de Crohn não está ativa, o que vai afetar a sua qualidade de vida, seus sintomas gastrointestinais e a gravidade da sua doença, aumentando muito o risco de novas crises.
 


São muitos os estudos que se debruçam sobre o tema e têm encontrado ligações semelhantes entre problemas de sono e problemas intestinais. Uma pesquisa realizada com 3.173 pessoas com a doença inflamatória intestinal, publicada no Journal of the American Geriatrics Society, constatou que as pessoas que tinham o sono interrompido durante a noite apresentavam um risco aumentado de ter uma outra crise da doença em seis meses. A recorrência da doença pode ser atribuída à combinação da doença inflamatória do intestino com o sono de má qualidade. Mais estudos estão sendo realizados para entender melhor a relação entre o sono e a uma nova crise da doença.







Sono pobre e Doença de Crohn: como romper com o padrão?

Conversamos com o gastroenterologista Silvio Gabor (CRM-SP 47.042) e listamos a seguir algumas maneiras de combater os sintomas que podem interferir na qualidade do sono dos que são portadores  

da Doença de Crohn. Confira as dicas do especialista:

· Se você tem suores noturnos
“Suores noturnos são sintomas comuns da Doença de Crohn ativa. Independentemente da temperatura, se você tem a doença, você pode acordar uma ou mais vezes por causa da sudorese noturna. Para melhorar o sono, tente usar pijamas leves e considere tomar uma ducha ou um banho antes de dormir para ajudá-lo a adormecer”, recomenda o médico, que também é cirurgião.

·

 Se você tem dor“Quando a Doença de Crohn está ativa, você pode sentir dores tão fortes que o fazem despertar. Tomar um analgésico durante um destes episódios de dor pode ajudar a melhorar o sono. Para dor nas articulações, é preciso solicitar ao seu médico a prescrição de um medicamento que não cause problemas digestivos. Considere também a compra de um travesseiro de corpo, o que pode ajudá-lo a relaxar. Em situações graves, converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar um comprimido para dormir. Esta pode ser uma boa ideia para alguns pacientes”, afirma Silvio Gabor.

· Se você tomar esteroides “Embora possam aliviar os sintomas, em doses elevadas, certos tipos de esteroides podem provocar a falta de sono. Assim, converse com seu médico para saber se a divisão da dose diária entre a manhã e a noite pode ajudar”, recomenda o gastroenterologista.

· Se você está comendo muito durante a noite Um sono pobre e a Doença de Crohn podem estar relacionados a comer tarde da noite. “Seu aparelho digestivo funciona de forma mais eficiente na parte da manhã, por isso tente comer refeições maiores no início do dia para melhorar o sono à noite e definitivamente evite comer uma grande refeição ou mesmo um grande lanche após às 20:00. Se você acordar com náuseas durante a noite, dê algumas mordidas num biscoito creme cracker ou num pedaço de pão”,sugere Silvio Gabor.

· Se você tem refluxo “Refluxo gástrico pode aparecer em pacientes com Crohn e ser um obstáculo para a obtenção de um bom sono. Ele pode piorar quando você tem uma obstrução parcial do intestino delgado. Converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar um medicamento que reduza os sintomas do refluxo e melhore o seu sono”, aconselha o médico.

· Se tiver diarreia “A diarreia priva o paciente do sono, pois o faz ir repetidamente ao banheiro durante a noite. Neste caso, o melhor é não comer antes de dormir. Se necessário tome um medicamento anti-diarreia, sob orientação médica, e lembre-se de fazer do banheiro sua última parada antes de dormir”, diz Gabor.

· Se você tem ansiedade “Se você estiver ansioso ou deprimido com o diagnóstico de Crohn e seus efeitos sobre a sua vida, tente adotar algumas estratégias de gestão do estresse, como, por exemplo, a meditação, visando restaurar a sensação de calma antes de dormir. E se ainda assim, você continuar a ter dificuldade para dormir, converse com seu médico e veja se você não tem sinusite, alergias ou apneia obstrutiva do sono, doenças que também podem roubar o seu sono reparador”, ensina o gastroenterologista.



 
Top