Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Toda vez que a gente marca um exame é assim. O laboratório pede mil horas de jejum. A gente faz de tudo pra estar lá no horário e, ao chegar, dá de cara com uma fila de espera gigante. Só quando estamos prestes a desmaiar de fome, a enfermeira chama.


A questão é que, hoje, nem todo exame demanda tanto tempo de jejum. Por isso, alguns laboratórios do país estão começando a deixar de pedir que os pacientes fiquem sem comer por períodos tão longos antes da coleta de sangue.

Como apontou a reportagem da Folha de S.Paulo, devido a avanços tecnológicos, exames como o de colesterol total, hemograma e de grande parte dos hormônios não são influenciados pela alimentação.


Mesmo assim, a maioria dos laboratórios pede o jejum por hábito. "É uma tradição, e acabamos exigindo para garantir que não haverá interferências", disse Gianfranco Zampieri, coordenador do Salomão Zoppi Diagnósticos à Folha.

Leia a reportagem completa no site da Folha de S.Paulo

 
Top