Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

O que é Miastenia grave?

Miastenia grave é um distúrbio neuromuscular. Os distúrbios neuromusculares envolvem os músculos e os nervos que os controlam.

 


Causas

A miastenia grave é um tipo de distúrbio autoimune. Um distúrbio autoimune ocorre quando o sistema imunológico ataca erroneamente tecidos saudáveis. Em indivíduos com miastenia grave, o organismo produz anticorpos que impedem as células musculares de receber mensagens (neurotransmissores) da célula nervosa.

A causa exata da misatemia grave é desconhecida. Em alguns casos, ela pode estar associada a tumores do timo (um órgão do sistema imunológico).

A miastenia grave pode afetar indivíduos de qualquer idade, sendo mais comum em mulheres jovens e homens idosos.



Exames

O médico realiza um exame físico, incluindo um exame detalhado do sistema nervoso (neurológico). Esse exame pode identificar:

Fraqueza muscular geralmente, músculos oculares são afetados primeiro
Reflexos e sensibilidade (sensação) normais.
Os exames que podem ser realizados incluem:


  • Anticorpos receptores da acetilcolina associados a essa doença
  • TC ou RM do tórax para investigar um tumor



  • Estudos de condução nervosa



  • Sinônimos



  • Distúrbio neuromuscular - miastenia grave



Mais sobre Miastenia grave

Consulte um médico se você desenvolver sintomas de miastenia grave.

Dirija-se ao pronto-socorro ou ligue para o número de emergência local (por exemplo, 190) se tiver dificuldade respiratória ou problemas de deglutição.


Sintomas de Miastenia grave

A miastenia grave causa fraqueza dos músculos voluntários (esqueléticos). Músculos voluntários são aqueles sobre os quais o indivíduo tem controle. Em outras palavras, você pensa em mover o braço e ele se move. A fraqueza muscular da miastenia grave piora com atividade e melhora com descanso.

A fraqueza muscular pode causar uma série de sintomas, incluindo:

Dificuldade respiratória devido a fraqueza dos músculos da parede torácica
Dificuldade para mastigar ou deglutir, causando engasgo, sufocaçãoou ptialismo frequentes
Dificuldade para subir escadas, erguer objetos ou levantar-se da posição sentada
Dificuldade para falar
Cabeça caída
Paralisia facial ou fraqueza dos músculos faciais
Fadiga
Rouquidão ou alteração na voz
Visão dupla
Dificuldade para manter o olhar fixo
Pálpebra caída


Tratamento de Miastenia grave

Não há cura conhecida para miastenia grave. No entanto, o tratamento pode permitir que você passe longos períodos sem nenhum sintoma (remissão).

Mudanças no estilo de vida, em geral, ajudam a continuar com as atividades diárias. Recomenda-se o seguinte:

Programar períodos de descanso
Utilizar uma venda para os olhos se a visão dupla for inoportuna
Evitar estresse e exposição ao calor, que podem fazer os sintomas piorarem
Os medicamentos que podem ser prescritos incluem:

Neostigmina ou piridostigmina, para melhorar a comunicação entre os nervos e os músculos
Prednisona e outros medicamentos (como azatioprina, ciclosporina ou mofetil micofenolato), se for para reprimir a resposta do sistema imunológico ou se apresentar sintomas graves e os demais medicamentos não funcionarem bem

Vários medicamentos podem fazer os sintomas piorarem e devem ser evitados. Assim, é sempre importante consultar o médico quanto à segurança de uma medicamento antes de ingeri-lo.

Situações de crise, onde a fraqueza muscular envolve os músculos respiratórios, podem ocorrer sem aviso com uso insuficiente ou excessivo de medicamentos. Esses ataques raramente duram mais que umas poucas semanas. Pode ser necessária internação e assistência respiratória durante esses ataques. Normalmente, é utilizado um procedimento denominado plasmaferese para ajudar a interromper a crise. Nessa técnica, a parte clara do sangue (plasma) contendo os anticorpos é removida pelo organismo e substituída por plasma doado livre de anticorpos ou por outros líquidos.

A plasmaferese também pode ajudar a diminuir a duração dos sintomas para entre 4 e 6 semanas, sendo frequentemente utilizada antes de cirurgia. Infusões de imunoglobilina intravenosa podem funcionar tão bem quanto a plasmaferese. Nessa técnica, uma grande quantidade de anticorpos úteis são administrados diretamente na corrente sanguínea.

A cirurgia para remoção do timo (timectomia) pode resultar em remissão permanente ou menor necessidade de medicamentos, especialmente quando há um tumor presente.

Pacientes com problemas de vista podem tentar o uso de lentes com primas para melhorar a visão. A cirurgia também pode ser realizada nos músculos


oculares.
 
Top