Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético



Mulheres gestantes não precisam deixar sua vida de lado - muito pelo contrário, é hora de aproveitar esse belo momento. 

A cada ano aumenta o número de mulheres grávidas que continuam trabalhando, isso porque é cada vez mais explícito que trabalhar não vai machucar o bebê e porque as mulheres atuais estão mais ativas do que nunca. Exceções feitas para mulheres que têm uma gravidez de alto risco, o trabalho não prejudica em nada o período da gestação, só é preciso tomar cuidados especiais.
Carol Chab, engenheira agrônoma e radialista, está grávida de seu primeiro filho e continua trabalhando diariamente, apenas reforçando alguns cuidados médicos. “Apresento meu programa na rádio de segunda à sábado, das dez da manhã ao meio dia, e não quero deixar de lado a minha profissão por causa da gravidez: quero agregar aos dois”, comenta. O ideal é que mulheres grávidas adaptem a sua função à gravidez de forma que sintam-se mais seguras, façam boas refeições e possam descansar sempre que sentirem vontade.

Não é novidade que, durante esse período, é preciso evitar esforços exagerados, como fazer muitas horas extras, viagens prolongadas sem orientação do seu médico e até as festas depois do expediente se a futura mamãe estiver cansada, mas isso não é motivo para deixar de viver. “A gravidez é um momento único, especial, mas, ao mesmo tempo, não se pode deixar que ela seja o único foco da sua vida. Você tem pessoas ao seu redor, sua profissão e seus hobbies. O legal mesmo é poder unir tudo isso”, comenta Carol.

As principais dicas para continuar na ativa e evitar problemas com o bebê são fazer pausas a cada três horas, caminhar, fazer alongamentos, elevar os pés algumas vezes ao dia para facilitar a circulação e evitar inchaços. “Além disso percebi, na prática, que nós, grávidas, vamos ao banheiro com muito mais freqüência. Por isso, se puder trabalhar perto de um banheiro será melhor para você – qualquer coisa peça para mudar de lugar com algum colega, ele não irá recusar. E, é claro, sempre que precisar ir ao banheiro, vá. Não fique segurando a vontade”, sugere Carol.

Fazendo refeições leves e saudáveis a futura mamãe se sentirá mais confortável para trabalhar, assim como evitando ambientes quentes e abafados. “Sempre que ficar com calor abra as janelas ou saia do local por algum tempo, afinal, ninguém quer que a sua pressão baixe, não é?”, brinca.

Quando estiver no final da gravidez você poder decidir junto com seus colegas e superiores qual é o melhor momento para parar de trabalhar. “Algumas mulheres trabalham até o último dia da gestação, outras optam por parar algumas semanas antes. Independente da sua escolha, o ideal é deixar tudo planejado com antecedência para não comprometer o trabalho de ninguém”, opina Carol.

Porém, é preciso lembrar que quando o parto se aproxima, a mulher tende a se cansar mais rápido e poderá ser difícil manter o trabalho no nível de sempre. Além disso, é importante deixar um pouco de tempo para descansar, afinal, esses são os últimos dias em que a mamãe vai poder dormir sem as preocupações de o neném acordar durante a noite.

Serviço: Carol Chab
Fone: 41 9177-1773/41-3058-7406
Email: carolchab@radiomais.am.br
Site: http://carolchab.com.br
 
Top