Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Em mensagem sobre a data, secretário-geral da ONU disse que "através de seu exemplo, o líder indiano provou que protestos pacíficos podem realizar mais do que agressão militar"; Ban Ki-moon afirmou ser necessário promover a cultura da paz.

As Nações Unidas comemoram neste 2 de outubro o Dia Internacional da Não Violência. A data foi escolhida pela Assembleia Geral em homenagem ao dia do nascimento do líder indiano Mahatma Ghandi.

Em mensagem sobre a data, o secretário-geral da ONU afirmou que através de seu exemplo, Ghandi "provou que protestos pacíficos podem realizar mais do que agressão militar".

 

Reconciliação

Segundo Ban Ki-moon, neste momento de alta da violência sectária e destruição de monumentos de herança cultural, é "oportuno lembrar o chamado de Ghandi à paz e à reconciliação".
O chefe da ONU mencionou a necessidade de diálogo e entendimento e disse que é preciso "promover a cultura da paz".


Educação

Ban afirmou que a educação pode estabelecer as bases para o desenvolvimento de novas formas de cidadania global e solidariedade que são "tão essenciais no mundo de hoje".

Ele disse ainda que não há ferramenta melhor que a educação para melhorar a dignidade humana, promover a cultura da não-violência e construir paz duradoura.

Nesta data, o secretário-geral pediu que todos combatam "as forças da intolerância, avancem a cidadania global e a solidariedade humana com base na filosofia de não violência de Mahatma Ghandi".
 
Top