Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Problemas como a tendinite são comuns pós-parto, mas há como driblar essas lesões rotineiras com alongamento e postura correta

Ser mãe é a maior dádiva do mundo, sem dúvida. Mas as tarefas do dia a dia como trocar as fraldas, amamentar, dar banho e ninar no colo podem acarretar lesões nas articulações ou musculares levando a mulher no pós-parto a ter dores em alguns casos até a ter perda parcial de alguns movimentos nos braços e pulsos. Sem contar as dores na coluna e joelhos.

“Relaxamento muscular, prevenção de dores e tensões, sem contar que dá mais flexibilidade, agilidade e elasticidade ao corpo. Essas são algumas vantagens de praticar alongamento todos os dias ou sistematicamente, além de proporcionar maior consciência corporal e preparar o corpo para atividades físicas”, explica a fisioterapeuta Vanessa Marques.

De acordo com a especialista, os movimentos podem ser feitos diariamente, por mais de uma vez durante o dia. Ideal antes e depois de atividade física, da amamentação ou também no ambiente de trabalho para evitar as lesões por esforço repetitivo (LER).

Vanessa ressalta a importância de checar sempre se a postura está correta e, independente da parte do corpo que irá alongar, a sugestão é que se mantenha por pelo menos 30 segundos, para que se obtenha o resultado e efeito necessário. Os movimentos devem ser sempre lentos e suaves.

Segue o passo a passo com dicas da fisioterapeuta:

Região dos ombros e do pescoço: A) - Girar lentamente para trás o ombro, associando com a respiração. Puxar o ar lentamente na subida do ombro e soltando o ar na descida. B)- Tracionar levemente o pescoço para a lateral direita e depois para esquerda, sentindo o alongamento do músculo.
Região das mãos e dos punhos: A) Girar as mãos lentamente para o lado direito e depois para o lado esquerdo com os punhos fechados. As duas mãos simultaneamente. B)- Fazer movimentos de abrir e fechar as mãos, que ajudam para diminuir o inchaço e também a rigidez.
Região lombar: Ideal fazer assim que se levantar pela manhã, antes ou depois da atividade física ou quando sentir esta região desconfortável. A)- Deitar de barriga para cima e puxar as duas pernas juntas flexionadas em direção ao tronco. B)-Manter por 30 segundos, descansar por um minuto. Repetir duas a três vezes o movimento.


  


Sobre Vanessa Marques:
Fisioterapeuta especialista em Obstetrícia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp· Mestranda em Obstetríca (UNIFESP)- Avaliação do assoalho pélvico em gestações múltiplas.
· Palestrante em empresas privadas e públicas.
· Mãe da Beatriz de 04 anos e da Lavínia de 12 anos.

Assessoria de imprensa- fotos e entrevistas:
Andrea Feliconio – andreafeliconio@gmail.com
www.andreafeliconio.com.br
 
Top