Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

A chef funcional mais amada do Brasil desembarca no Rio, dia 01 de novembro para ensinar alquimia do sabor com saúde

Quem imagina que alimentação saudável é um prato de salada sem graça, ou frango sem tempero com batata doce, é porque com certeza ainda não teve acesso as receitas das chef Lidiane Barbosa. Ela viaja o pais inteiro para ensinar receitas de uma gastronomia inteligente e saudável, mas sem abrir mão do sabor. Referencia no assunto, a Chef funcional é mestra na alquimia de transformar seu prato preferido seja ele qual for em saúde.  Seu carisma e seu domínio da arte de ensinar fazem dela um sucesso. Suas redes sociais com dicas, vídeos e receitas são a grande sensação entre os que buscam bem estar através de uma boa alimentação, isso sem citar suas consultorias onde só no primeiro semestre, entregou 4 restaurantes novos e reestruturou mais 2 já existentes, e os cursos? Só este ano, ultrapassaram 90 onde já se passaram mais de 5000 pessoas.

cardápio por ela criado envolve principalmente o uso de biomassa de banana verde (espessante natural de sabor neutro) no lugar dos clássicos, creme de leite, maionese e leite condensado, além de ingredientes naturais como leites vegetais (extraídos de castanhas, amêndoas, macadâmia), linhaça, chia, quinoa, amaranto, entre outros. Também é característica da culinária funcional de Lidiane a substituição de farinha de trigo por farinhas de arroz, grão-de-bico, amêndoas, mandioca, féculas de batata, amido de milho e outras, e temperos funcionais têm vez, a exemplo do açafrão, cardamomo, cúrcuma.  O resultado origina receitas tão gostosas quanto às tradicionais, muitas vezes até adaptações de receitas de família, mas muito mais saudáveis.

Para Lidiane, de nada adianta apenas retirar o glúten trocando a farinha de trigo por uma branca de alto índice glicêmico, é necessário agregar fibras e nutrientes a preparação. É importante ressaltar que essa retirada deve ser feita pensando sempre em saúde, com consciência, ou seja, não adianta comer produtos sem glúten achando que vou emagrecer. Farinhas brancas com alto índice glicêmico e sem fibras só irão empobrecer a nossa alimentação, por isso ela bate na tecla de gastronomia inteligente, agregando nutrientes e dando atenção aos rótulos, sempre.

 

E como não vivemos em um mundo "livre de glúten", a chef indica sempre o rodízio dos alimentos nas nossas escolhas do dia dia, ao preparamos nosso alimento em casa, que possamos optar por alimentos que não contenham glúten ( arroz, mandioca, aipim, fécula de batata, fécula de mandioca, polvilho, farinha de grão de bico, farinha de coco...) mas devemos sempre ter o bom senso de fazer o rodízio do alimentos, é claro com exceção dos intolerantes ou portadores da doença celíaca que devem fazer essa retirada de uma maneira mais efetiva.

Segundo pesquisas recentes, o mercado de alimentos e bebidas ligados à saúde e bem-estar movimentou US$ 750 bilhões em 2013. Neste universo, a significativa parcela de US$ 264 bilhões corresponde somente aos produtos funcionais ou fortificados, alimentos e bebidas que contam com ingredientes especiais em suas fórmulas para trazer benefícios para a saúde dos consumidores. .Nessa categoria que engloba alimentos e bebidas funcionais o Brasil representa o primeiro mercado na América Latina e já é quinto principal mercado mundial, sendo o terceiro em taxas de crescimento.  O aumento do poder aquisitivo da Classe C e a maior consciência da população em relação aos benefícios dos alimentos funcionais podem ser creditados como os principais fatores para o sucesso do segmento.

Mais afinal o que são alimentos funcionais? Lidiane explica, “Os alimentos funcionais foram definidos como aqueles que têm efeito específico sobre a saúde devido sua constituição química e que não devem expor riscos de saúde, Ou seja, são aqueles alimentos que possuem além das suas funções nutricionais básicas, quando se tratar de nutriente (carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais), efeitos metabólicos ou fisiológicos e efeitos benéficos à saúde. Já a “Culinária ou Gastronomia Funcional", viabilizada pela técnica dietética adequada, permite preparar alimentos com foco na melhoria da qualidade de vida e da longevidade. Preservando e melhorando a disponibilidade dos nutrientes.” O benefício da gastronomia funcional vai muito além da perda de peso. Ela busca a reeducação alimentar e uma vida mais saudável, pois os pratos levam como princípios básicos a quantidade correta e a periodicidade e, assim, o emagrecimento se torna consequência.

 

Figurinha carimbada em publicações nacionais, Lidiane é além de docente em Gastronomia Funcional em cursos de pós-graduação de nutrição funcional no Rio de Janeiro, .também  reconhecida entre médicos e nutricionistas, recentemente lotou o auditório com sua palestra Gastronomia Funcional no Esporte no X Congresso Internacional de Nutrição Funcional e sua próxima parada será no Rio de Janeiro, dia 01/11/2014 fará um curso Hands On (todos colocam a mão na massa) serão dois cursos nesse dia o primeiro ás 9hs LANCHES FUNCIONAIS e o segundo as 14:30hs PREPARAÇÕES GOURMET FUNCIONAIS DE DAR ÁGUA NA BOCA, na Escola Natural Gourmet, escola da renomada Chef Andrea Henrique do restaurante Pomar Orgânico, para maiores informações: cursos@lidianebarbosa.com.br.
 
Top