Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Você já ouviu sua voz gravada em algum vídeo ou no telefone e se assustou com a diferença? Achou que nem era você?

O professor de audiologia da Universidade de Vanderbilt, Bem Hornsby, explica que “quando você fala, as pregas vocais da garganta vibram, o que faz com que a pele, o crânio e a cavidade oral também vibrem, e percebemos isso como som”.


As vibrações se misturam com as ondas sonoras e viajam da boca para o tímpano, dando a voz sua qualidade em geral – mais profundo, mais digno de som – que ninguém mais ouve.

Através de um dispositivo de alto-falante ou de gravação, você ouve o som apenas por via aérea. “O som que estamos acostumados a ouvir tem uma frequência menor de vibrações do que o osso”, diz Hornsby. “Nós gostamos disso porque soa rico e completo. Muitas pessoas se assustam com o som da reprodução, porque o nosso cérebro se esforça para aceitar que esta voz estranha é a nossa própria”.


 
Top