Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Movimento nacional ‘Novembro Laranja’ acontece esse mês para conscientizar sobre o aumento deste distúrbio, que atualmente afeta mais de 28 milhões de brasileiros

“Um apito no ouvido”, assovios, chiados, estrídulo, rangidos, barulho de cigarra, concha, panela de pressão ou até mesmo um trinado. São estes sons contínuos, e por muitas vezes irritantes, que as pessoas que sofrem de zumbido ouvem, especialmente no silêncio. Este “tinnitus” constante ou recorrente causa estresse, depressão, perda do equilíbrio e pode interferir na capacidade de se concentrar ou dormir, afetando a qualidade de vida das pessoas.

De acordo com pesquisas produzidas por associações especializadas no segmento, atualmente mais de 28 milhões de brasileiros de todas as idades sofrem deste distúrbio. Com o aumento significativo do número de casos ao longo dos anos, uma campanha nacional intitulada “Novembro Laranja” foi criada para alertar a população sobre a importância do tratamento e diagnóstico precoce do distúrbio.

A fonoaudióloga da Starkey do Brasil, Camila Quintino, explica que o zumbido não é uma doença, mas um sintoma de algo maior e que grande parte dos pacientes podem ter uma deficiência auditiva associada. “Infecções auriculares, lesões do ouvido, aumento da pressão sanguínea, alterações no metabolismo ou, muitas vezes, a perda auditiva estão entre as principais causas.”

As características e sintomas do zumbido podem variar de pessoa para pessoa, por isso o histórico médico e exames físicos detalhados são essenciais para a investigação das características como o tempo de aparecimento, tipo, localização; os antecedentes do paciente, por exemplo, profissão, tempo de exposição ao ruído, medicações, cirurgias, dores de cabeça; hábitos e estilo de vida como o abuso de cafeína, consumo de doces, dieta inadequada e antecedentes familiares, casos de diabetes, surdez ou labirintite.

De acordo com a Associação Americana de Zumbido não há uma cura conhecida para o transtorno, mas eles acreditam que a terapia sonora é uma das formas mais eficazes de tratamento. A Starkey desenvolveu o aparelho Xino Zumbido como solução para o tratamento do distúrbio e ele atua com a natureza individual de cada zumbido por meio da Tecnologia Zumbido Multiflex, no qual é possível que a pessoa e o profissional da audição personalizem um estímulo sonoro ideal para neutralizar precisamente o som que ouve.

 


Sobre a Starkey do Brasil

Presente no Brasil há 13 anos, a americana Starkey é líder mundial em design, desenvolvimento e distribuição de soluções auditivas.  É referência em inovação e qualidade de um vasto portfólio de produtos, inclusive personalizados, além de ser pioneira no desenvolvimento do aparelho auditivo intracanal, que é menor e menos perceptível do que os aparelhos tradicionais, e, ainda, soluções invisíveis, que permanecem na segunda curva do canal auditivo, sendo praticamente imperceptíveis.

A Starkey do Brasil faz parte da Starkey Hearing Technologies, que engloba, também, as marcas NuEar e MicroTech, além da Starkey Hearing Foundation, dedicada a promover missões globais com o objetivo de levar mais de 1 milhão de aparelhos auditivos para pessoas necessitadas.



Contatos para Imprensa

Novità Comunicação Estratégica

(19) 3386-2916

Natália Oliveira – natalia@novitacom.com.br (19) 3294-4730

Isabella Robaina – isabella@novitacom.com.br (19) 3386-2916

 
Top