Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

O verão está chegando e muitas pessoas correm para a praia para pegar um bronzeado. Mas é preciso se preparar para a exposição ao sol: usar protetor solar é uma necessidade, pois só assim é possível manter a pele saudável.

Para entender os cuidados com a pele, em primeiro lugar, é importante saber que a radiação ultravioleta é composta pelos raios UVA e UVB. A radiação UVB é a principal responsável pelas queimaduras solares e câncer de pele.


Como escolher o protetor solar?

Doutora Vanessa Cristina Soares, da clínica Livon em Joinville (SC), explica que nos protetores solares, a proteção UVB fica representada pela sigla FPS (Fator de Proteção Solar).  Já a radiação UVA, que atinge mais profundamente a pele, provoca ao longo dos anos o surgimento de manchas e  fotoenvelhecimento.  A sigla PPD indica proteção contra os raios UVA.  Por essas razões, dermatologistas indicam que é muito importante observar se o protetor solar tem proteção para ambas.

Recomenda-se a utilização de um protetor solar com FPS 30, que protege em torno de 96% a mais do que a pele sem ele. Não existe nenhum filtro solar que proteja a pele 100%. Então, filtros solares com FPS maiores que 30 acabam sendo mais custosos e com uma proteção não muito superior.

É importante lembrar que os protetores solares precisam ser aplicados de 20 minutos antes da exposição solar e devem ser reaplicados a cada duas ou três horas. É essencial também a proteção física através do uso de chapéu, guarda-sol, óculos escuros e vestuário.
Não se esqueça de evitar exposição solar entre 10 horas da manhã e 4 horas da tarde, pois nesse período os raios solares têm incidência mais intensa e, consequentemente, mais danosa.

Adotando essas medidas simples fica possível aproveitar o sol sem prejudicar a saúde da sua pele.

  
 
Top