Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Gabriel do Nascimento, artesão autodidata que tem surdocegueira e está sendo capacitado profissionalmente por meio dos recursos arrecadados pela UHELP, recebe o diploma de ensino fundamental e conquista mais uma etapa na sua formação. 

Depois de iniciar os encontros de capacitação, que vão permitir que Gabriel possa desenvolver suas aptidões artísticas e viver da sua arte, agora foi a vez de conquistar mais uma etapa: Gabriel se formou, no final de 2014, no ensino fundamental 2 e recebeu o diploma na Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Helen Keller. Vanessa Dias, Diretora da UHelp, que capta os recursos para permitir a formação profissional do Gabriel, enfatiza a importância dessa conquista: “ele está dando mais um passo tumo à autonomia e à possibilidade de crescimento pessoal e profissional”.

Hoje um adolescente, Gabriel, que desde cedo mostrou habilidades artísticas táteis, está recebendo, com a ajuda de uma guia intérprete e acompanhamento psicológico, capacitação profissional que vai possibilitar sua inclusão social e o desenvolvimento pleno de suas habilidades pessoais e sociais. Isso só foi possível graças à votação via site da UHELP, um método inédito de ajudar sem fazer esforço, e a doações recebidas diretamente de pessoas que se encantaram pela história do rapaz. 

O atendimento vai custar, ao todo, R$23.603,00, com todos os procedimentos descritos no site. Ao longo do atendimento, a prestação de contas será disponibilizada mensalmente no site. No caso específico do Gabriel, o processo reune a artista plástica Dayse Tarricone, que vai trabalhar como voluntária com o Gabriel durante 6 meses, e ainda Renato Luz, doutor em psicologia e que fala em LIBRAS, Julieta Fátima, a guia intérprete que o acompanhou desde o início da sua socialização, e a Azul Transportes e Turismo, que possibilita o transporte adaptado exclusivo. A UHELP é a primeira organização não governamental através da qual o usuário de internet pode doar diretamente para um caso específico. Por meio de um cadastro no site www.uhelp.com.br, a pessoa pode doar dinheiro para ajudar os cases apresentados, ou apenas votar em uma ou mais histórias, distribuindo os recursos já existentes.

A prestação de contas é feita de forma transparente no próprio site e pode ser acompanhada online pelos cadastrados. Os cases são pré-selecionados pela instituição por um processo detalhado, que inclui visita domiciliar de assistente social e avaliação multiprofissional para construir um planejamento e verificar quais os resultados podem ser alcançados. Os profissionais envolvidos são parceiros ou contratados pagos com os recursos destinados a cada caso específico. As histórias são apresentadas no site em vídeos produzidos pela própria UHELP.

Além disso, a ONG disponibiliza 20% da soma do total da Meta Financeira de Atendimento de cada História, para complementar as doações realizadas pelos usuários do site e principalmente estimular aqueles que não possam doar a participar por meio de votação.


Sobre a surdocegueira

A surdocegueira é uma deficiência reconhecida e não a somatória de duas deficiências: a cegueira e a surdez. Na surdocegueira há o prejuízo de dois sentidos, a visão e audição, simultaneamente e em graus diferentes. No Brasil há hoje cerca de 250 pessoas com surdocegueira, segundo o Grupo Brasil de Apoio ao Surdocego e Múltiplo Deficiente Sensorial, entidade que luta pela inclusão e qualidade de vida do portador de surdocegueira.

   

Sobre a UHELP

UHELP.COMé uma organização social sem fins lucrativos de assistência social cuja missão é promover a melhoria da qualidade de vida e fortalecer a inserção social de pessoas com deficiência, por meio de um atendimento multiprofissional personalizado. Atua de forma transparente na mediação entre aquele que tem o desejo de ajudar e aquele que necessita de apoio, intermediando doações e serviços profissionais (voluntários ou não), para a manutenção e o desenvolvimento de nossos projetos.

A UHELP atende pessoas com deficiência física (com perda parcial ou total das funções motoras de membros inferiores e/ou superiores ou amputação); deficiência visual ou cegueira; deficiência auditiva ou surdez, surdocegueira. Todo o processo UHELP é acessível, os vídeos e textos são disponibilizados em LIBRAS e Audiodescrição.
 
Top