Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Embora as mochilas estejam relacionadas a problemas de postura e dor, mochilas pesadas não causam escoliose. A escoliose é uma curvatura da coluna vertebral, que, muitas vezes, aparece durante a adolescência




As mochilas são projetadas para distribuir o peso da carga entre alguns dos músculos mais fortes do corpo. No entanto, se não forem usadas corretamente, podem causar lesões.

De acordo com a Consumer Product Safety Commission (CPSC) (órgão americano semelhante ao Procon brasileiro) mais de 28.600 pessoas foram tratadas em hospitais e consultórios médicos devido a lesões relacionadas com mochilas, em 2013, e mais de 8.500 dessas lesões foram registradas em crianças e adolescentes entre 5 e 18 anos de idade.

"Mochilas usadas de forma inadequada podem prejudicar os músculos e as articulações e acabam levando à dor lombar, dor no pescoço e dor no ombro, bem como a problemas de postura. Os pais e os professores devem educar as crianças e os adolescentes sobre a maneira correta de usar a mochila para reduzir o risco de lesões", defende o ortopedista Caio Gonçalves de Souza (CRM-SP 87.701), médico do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Muitas vezes usadas por até 60 minutos por dia, as mochilas pesadas são apontadas como as maiores responsáveis pelas dores nas costas em crianças. Em um estudo de 2011, as estimativas de prevalência de dor lombar em crianças e adolescentes, provocada pelo uso da mochila, com idades de 9, 13 e 15 anos, respectivamente, foram de 33%, 28% e 48%.  “Portanto, escolher a mochila certa e monitorar o tempo e a forma de carregá-la corretamente pode fazer uma diferença significativa na prevenção de dores e de lesões ortopédicas em crianças e adolescentes”, observa o médico.

Em um  estudo de 2012, os pesquisadores avaliaram as mochilas e a saúde da coluna de cerca de 1.400 estudantes espanhóis com idades entre 12 a 17 anos. Mais de 60% deles estavam carregando mochilas com peso superior a 10% do seu peso corporal e 1 em cada 5 estava carregando uma mochila que tinha mais do que 15% do seu peso.  Destes estudantes, 1 em cada 4 disse que experimentou dor nas costas durante o ano letivo. As meninas alegaram sentir mais dor nas costas do que os meninos, e o risco aumentava com a idade (mais provavelmente devido a mais anos carregando o peso extra nas costas).

“A dor nas costas, na maioria das vezes, ocorre quando o peso da mochila arrasta a crianças para trás. Você pode notar que ela tenta se inclinar para frente ou arquear as costas para manter a mochila no centro das costas. Nesta posição, os ossos da coluna vertebral, bem como os discos entre eles podem ficar compactados, levando a uma sobrecarga muscular”, alerta Caio G. Souza.

Dicas para uso da mochila

Pedimos ao Caio G. Souza, que também é professor de Ortopedia da Faculdade de Medicina na Uninove, que enumerasse algumas dicas para ajudar a eliminar o desconforto e reduzir o risco de lesões relacionadas com mochila. Confira as recomendações do médico:
·         Use sempre as duas alças de ombro para manter o peso da mochila melhor distribuído e ajuste as correias de ombro para manter a carga perto da parte posterior da coluna;
·         Remova ou organize os itens mais pesados, embalando as coisas mais pesadas e carregando-as na parte mais baixa da mochila, no centro;
·         Ao levantar mochilas, dobre os joelhos;
·         Mochilas escolares são para trabalhos escolares. Leve apenas os itens que são necessários para o dia. Se possível, deixe os demais livros em casa ou na escola;
·         Em casa e na escola, mantenha as passagens livres das mochilas para evitar tropeçar nelas;
·         Se possível, opte por utilizar uma mala com rodinhas, ao invés da mochila nas costas.

Os pais também podem ajudar os filhos em relação à dor nas costas relacionada com o uso da mochila. Veja o que o médico recomenda:

·         Incentive a criança ou adolescente a falar sobre dormência ou formigamento nos braços ou pernas, que podem indicar um ajuste inadequado das alças ou muito peso sendo transportado;
·         Se a mochila parece muito pesada para a criança, é preciso remover alguns dos livros e carregá-los nos braços para aliviar a carga nas costas;
·         Compre uma mochila adequada para o tamanho do seu filho;
·         Observe a criança colocar e tirar a mochila para ver e ou corrigir o seu procedimento;
·         Incentive seu filho a deixar os livros mais pesados no armário ou na estante após o uso, eles não devem “morar na mochila”.


 
Top