Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


A lista conta com cereja ácida, abacate e mirtilo que ajudam a prevenir ataques cardíacos, câncer entre outras doenças

Já ouviu falar em superalimentos? Pois eles realmente existem e são aqueles com bom valor nutricional e que ajudam a manter a saúde, prevenindo ataques cardíacos, câncer e acidente vascular cerebral. É sempre bom lembrar que apenas a ingestão desses alimentos não é garantia de imunidade contra as doenças, pois isso depende também de cada organismo e dos demais hábitos da pessoa. Mas não custa apostar no que faz bem. Confira seis deles, listados pela especialista em perda de peso Sally Norton no jornal Daily Mail:

Ginja ou cereja ácida

Contém altos níveis de antioxidantes, que fornecem ação anti-inflamatória e melhora no sono. Relatórios sugerem que o aumento da ingestão da cereja ácida pode ajudar a reduzir alguns efeitos colaterais pós-treino, como dores musculares, inflamação e fraqueza.

Abacate

Grande fonte de gorduras monosaturadas, que ajudam a diminuir o colesterol ruim, e, como resultado, reduzem o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. Um estudo recente sugere que a combinação de uma dieta moderada em gordura com um abacate por dia pode realmente diminuir mais os níveis de colesterol ruim do que uma de baixo teor de gordura ou uma moderada em gordura sem abacates.

Cranberry (oxicoco)

É usada há anos como uma ajuda contra infecções do trato urinário. Mas estudos têm sugerido que tem uma ampla gama de benefícios, como melhorar a saúde do coração, ajudar a prevenir certos tipos de câncer, impulsionar a saúde oral e colaborar na redução de infecções. O segredo está em seus polifenóis, que têm propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e antimicrobianas.

Blueberry (mirtilo)

Com seus altos níveis de antioxidantes, vitaminas e minerais, tem sido associado a muitos benefícios para a saúde, incluindo saúde do coração, prevenção de câncer, melhora na função cerebral e da visão. Fora isso, estudos têm sugerido que os seus antioxidantes podem ajudar a retardar o processo de envelhecimento.

Semente de abóbora

Fornece grandes níveis de proteína, fibra, manganês, magnésio e fósforo, e ainda é uma fonte rica de zinco, importante para a imunidade, crescimento e divisão celular, bem como bom sono, estado de espírito e saúde dos olhos e da pele . Um punhado de sementes é um ótimo lanche, mas também vale adicioná-las ao mingau.

Semente de chia

Oferece altos níveis de nutrientes e baixa ingestão de calorias. Repleta de antioxidantes, fibras solúveis e minerais, também é fonte de ômega-3, embora não tão facilmente utilizado pelo corpo como o obtido a partir de peixe. Contém mais cálcio que o leite.
 
Top