Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético



A lipoescultura é um método muito sofisticado, que vai além da simples aspiração do tecido adiposo (gordura), pois permite ao cirurgião modificar a forma do corpo e remodelar o perfil

Duas décadas de experiência de cirurgiões plásticos de alto nível em diferentes partes do mundo revelam bons resultados estéticos e baixos índices de complicações com a lipoescultura dos quadris, flancos e coxas, destaca um estudo publicado no Plastic and Reconstructive Surgery®, jornal da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS).

Os cirurgiões plásticos Yixin Zhang, de Xangai, e Manuel Francesco Castello, de Roma, publicaram um trabalho sobre sua experiência conjunta utilizando modernas técnicas de lipoaspiração para esculpir quadris, flancos e coxas. A dupla conclui: "com base em nossos 20 anos de experiência e observações sobre a lipoaspiração tridimensional, podemos sugerir que o método é confiável e apresenta resultados comprovados".

Técnica moderna de lipoescultura
No estudo, os autores descrevem e analisam a técnica e os resultados da lipoescultura para a parte inferior do corpo, usando dados de mais de 4.000 pacientes. “A lipoescultura é um método muito sofisticado, que vai além da simples aspiração do tecido adiposo, pois permite ao cirurgião modificar a forma do corpo e remodelar o perfil”, explica o cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada (CRM-SP 62.735).
Segundo o médico, “um aspecto fundamental da técnica é que não há apenas a remoção da gordura subjacente, mas também a retração da pele, após a remoção de gordura. A pele não deve ser considerada um elemento passivo durante a lipoaspiração, mas sim como um componente ativo, estrutural e dinâmico”, diz.

No artigo, os autores descrevem cada etapa do processo: a avaliação inicial do paciente, o pré-operatório com a marcação da pele, a preparação do paciente e a técnica de lipoaspiração. O pós-operatório inclui roupas de compressão para orientar a adaptação da pele à gordura subjacente cuidadosamente esculpida.
“Se realizada corretamente, a lipoaspiração tridimensional do tronco, quadris e coxas pode render resultados muito satisfatórios. Os pesquisadores observaram que os resultados estéticos foram bem conservados durante o acompanhamento, inclusive em pacientes com gravidez ou perda/ganho de peso”, afirma Ruben Penteado, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
De acordo com os dados do estudo, as taxas de complicações foram baixas, com apenas uma complicação séria: uma infecção que respondeu aos antibióticos, em mais de 4.000 pacientes. Cinquenta pacientes apresentaram seromas no pós-operatório, que melhoraram após a drenagem repetida. Outros pacientes tiveram problemas estéticos menores que depois foram "retocados" com procedimentos simples.

A experiência dos autores aponta resultados estéticos satisfatórios e a segurança da lipoescultura tridimensional dos quadris, flancos e coxas, destacando o papel das técnicas destinadas a promover a adaptação da pele à nova forma. “A aplicação cuidadosa da técnica combinada com um planejamento cirúrgico preciso, uma explicação pré-operatória completa (com expectativas reais) e cuidados pós-operatórios também são cruciais”, acrescenta o cirurgião plástico.

Contato:
Site: www.medintegrada.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/plasticaequalidadedevida


Informações e entrevista: 
Márcia Wirth
MW- Consultoria de Comunicação & Marketing em Saúde
Site: www.marciawirth.com.br
E-mail: faleconosco@marciawirth.com.br
Telefones: (11) 9 9394 3597/3791 3597
 
Top