Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Peso Ideal

Todos os anos, o site americano U.S. News elege quais as melhores dietas para seguir, de acordo com diversos objetivos. Em 2015, não foi diferente. Com a ajuda de uma equipe de especialistas em nutrição, a publicação avaliou 41 programas alimentares famosos e ranqueou 35 deles em sete categorias: facilidade de seguir, habilidade para provocar perda de peso no curto e no longo prazos, completude nutricional, segurança para a saúde, e potencial para prevenir ou lidar com diabetes e problemas do coração.Após somar os pontos obtidos em cada campo, os responsáveis criaram listas específicas, com os destaques mais adequados para diversos objetivos. Entre as seleções, há a que diz respeito à efetividade do regime no emagrecimento.Essa seleção levou em conta o resultado das dietas para emagrecer rápido e das que pretendem proporcionar saúde e um belo corpo ao longo dos anos.Clique nas imagens para saber quais são as melhores opções para queimar o excesso de gordura, segundo a edição deste ano do ranking.

Vigilantes do Peso ficou em primeiro lugar na lista publicada no ano de 2015 pelo site

1º - Vigilantes do peso

Nota (de 0 a 5): 3,8 Uma das mais famosas, a dieta dos Vigilantes do Peso visa não só emagrecer, como também manter os quilos extras bem longe. Seus resultados, segundo o U.S. News foram positivos tanto no curto quanto no longo prazo.Por esse programa, o indivíduo não precisa cortar alimentos, mas sim conter os exageros. No programa ProPontos, a perda de peso se dá pelo controle de calorias, da saciedade e da dificuldade do corpo para digerir as refeições.

2º - Dieta HMR (Health Management Resources)
Nota (de 0 a 5): 3,6 Em segundo lugar, a dieta HMR (sigla em inglês para Health Management Resources) visa provocar a perda de peso ao substituir refeições e lanches por alimentos com baixa caloria, como frutas, vegetais e barras de cereal.Para que o resultado seja efetivo, os idealizadores da dieta recomendam também a realização de exercícios físicos moderados.

3º - Dieta “the biggest loser” (empate)
Nota (de 0 a 5): 3,5 Inspirada no reality show homônimo, a dieta “The Biggest Loser” tem base em um cardápio saudável e equilibrado, com atenção especial para os líquidos (principalmente água, chá e café). Além disso, o programa alia a nova rotina de refeições, que devem ser 3 principais e 2 lanches, a exercícios físicos de 3 a 4 vezes por semana.No curto-prazo, seu efeito nos quilos extras é bom e, no longo, é moderado, mas outros benefícios podem ser verificados. Segundo o site americano, é muito provável que o programa seja positivo para o sistema cardiovascular, ajudando a controlar os níveis de colesterol no sangue.

3º - Dieta “jenny craig” (empate)
Nota (de 0 a 5): 3,5 Com a promessa de secar um quilo por semana, a dieta “Jenny Craig” estabelece que um consultor do programa deve criar um menu e uma lista de exercícios personalizados para cada participante.Dependendo do ritmo e do objetivo de cada pessoa, o regime pode ter consumo de 1.200 a 2.300 calorias diárias e pode durar o tempo que for necessário para perder todo o peso desejado.

3º - Dieta da comida crua (empate)
Nota (de 0 a 5): 3,5 A dieta da Comida Crua tem um resultado melhor no curto prazo do que no longo, apesar de funcionar nas duas situações.A ideia básica que guia este programa alimentar é consumir de 75% a 80% do cardápio diário em alimentos crus (ou aquecidos até a temperatura de 46 graus Celsius), principalmente vegetais. O maior desafio é a dificuldade e a restrição imposta por essa dieta no cotidiano de seus adeptos.

6º - Dieta Volumétrica
Nota (de 0 a 5): 3,4 Considerada boa tanto no curto prazo quanto no longo prazo, a dieta Volumétrica tem foco na saciedade que os alimentos proporcionam, não em suas calorias. Este regime determina a substituição de alimentos “gordos” por outros com baixa caloria, porém em maior quantidade, para reduzir a fome. O cardápio principal é composto por itens ricos em fibras e água, como frutas, vegetais folhosos, grãos e leguminosas.

7º - Dieta do Dr. Atkins (empate)
Nota (de 0 a 5): 3,3 A ideia principal da polêmica Dieta do Dr. Atkins é priorizar os alimentos proteicos, de origem animal, e cortar os carboidratos. O regime tem fases, que, aos poucos, diminuem a restrição de carboidratos. O fato de ser muito restritiva faz com que a dieta seja difícil de seguir ainda há a possibilidade de doenças se desenvolverem, como problemas renais, intestinais, de humor, sono e fraqueza, devido ao excesso de certos nutrientes e à falta de outros.

7º - Dieta flexitariana ou vegetariana flexível (empate)

Nota (de 0 a 5): 3,3 O princípio dessa dieta é levar uma vida quase vegetariana, em que grande parte do cardápio deve ser composto por alimentos de origem vegetal, como frutas, verduras, legumes e grãos integrais, sem eliminar completamente as carnes. Comendo menos produtos animais, o corpo consome menos gordura, calorias e toxinas, sem perder os nutrientes. De acordo com os avaliadores, a Flexitariana surte efeitos tanto no curto prazo quanto no longo prazo.

7º - Dieta "Slim Fast" (empate)

Nota (de 0 a 5): 3,3A Dieta "Slim Fast", cujo nome remete a uma marca de shakes emagrecedores comercializados pela Unilever em diversos países, tem base no controle de porções e calorias, somado à substituição de refeições por alimentos da companhia, como shakes, barrinhas, sopas e macarrão pensados para quem quer perder peso. De acordo com os avaliadores, o resultado é bom tanto no curto, quanto no longo prazo.

7º - Dieta Vegana (empate)

Nota (de 0 a 5): 3,3A dieta Vegana vai além da vegetariana ao proibir todo tipo de alimento de origem animal (carne, ovos, leite e derivados), o que faz com que tenha um bom potencial emagrecedor, no curto e no longo prazo, e bons resultados no que diz respeito à prevenção de doenças.Mas esses benefícios só existem com um forte comprometimento por parte de quem adere a esse estilo de vida, já que as restrições são grandes.
 
Top