Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Estudo aponta possiblidade de pessoas com mais genes da obesidade sentirem mais fome após exercícios físicos

Para quem não gosta de ir à academia, o resultado da última pesquisa da Universidade de Arizona, nos Estados Unidos, pode parecer uma desculpa e tanto. Pessoas com mais genes responsáveis pelo ganho de peso podem engordar mais com atividade física. Os dados são do jornal Daily Mail.

Os pesquisadores analisaram amostras de DNA de 84 mulheres, entre 30 e 65 anos, variando de magras a obesas. Todas participaram de um programa de atividade física de 75 minutos, três vezes por semana, que contava com alongamento, musculação em aparelhos e levantamento livre de pesos. A alimentação continuou a mesma que já tinham.

Constatou-se que as participantes com baixo número de genes da obesidade perderam quase 1,3 kg, em média. Por outro lado, aquelas com alta taxa acabaram com quase 1,2 kg a mais. A diferença não pode ser explicada por diferenças de ganho de massa muscular. Não está claro como o DNA afeta o impacto do exercício, mas uma possibilidade é que pessoas com genes da obesidade podem sentir mais fome depois do treino do que as outras.

O pesquisador Yann Klimentidis alertou que os resultados não devem ser usados como uma desculpa para não se exercitar. Em vez disso, eles simplesmente significam que algumas pessoas podem ter de suar mais a camisa para perder peso.
 
Top