Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Os cálculos renais podem ser de vários tamanhos.

Quanto maior eles forem, mais dolorosa será sua eliminação.

Por isso é muito importante o acompanhamento de um bom médico, para que você tenha a dimensão exata de seu problema.

Como complemento, você pode usar uma destas dicas:

1. Água

As pessoas que têm tendência a desenvolver cálculos renais e querem eliminá-los, devem beber pelo menos dez copos de água por dia.

Observar a cor da urina é a maneira mais fácil de saber se a ingestão de água está adequada: se a urina estiver escura, aumente gradualmente o consumo de água, até que ela fique clara.

2. Limonada

Consumir limonada diariamente pode prevenir ou reduzir o desenvolvimento de cálculos renais.

O uso regular da limonada aumenta a quantidade de citratos na urina, inibindo a formação e precipitação de cristais, que ao longo do tempo aumentam de tamanho e se tornam pedras e cálculos. 

Os cálculos renais se formam quando a urina fica concentrada de sais, que cristalizam se a urina não tiver substâncias que evitem a formação deles, como o citrato. 

E o limão é rico em citrato de potássio.

Por isso, para quem sofre com pedras nos rins, é tão importante tomar limonada diariamente.

3. Chá verde

Um estudo realizado pela Universidade de Nagoia, Japão, mostrou que os antioxidantes do chá verde reduzem a formação de depósitos de oxalato de cálcio.

O tratamento de pedras nos rins com chá verde deve ser feito com o consumo de três xícaras desse chá diariamente.

4. Caroço do abacate

O caroço de abacate dissolve os cálculos renais.

Há várias receitas com ele, na medicina popular, para eliminar esse problema.

Uma das mais simples é esta: deixe secar bem o caroço de um abacate. 

Quando o caroço estiver bastante seco, rale-o fininho e tome uma colherzinha rasa (chá) desse pó em um copo de água morna.

Faça isso todas as noites antes de dormir e rale sempre na hora de consumir. 

5. Chá de quebra-pedra

A planta quebra-pedra (Phyllantus niruri) evita que os cálculos se formem e relaxa o sistema urinário, ajudando a expeli-las.

Isso foi comprovado em um estudo realizado pela química Ana Maria Freitas, do Departamento de Nefrologia da Universidade Federal de São Paulo.

Segundo a pesquisa, o chá de quebra-pedra reduz a adesão de cristais de oxalato de cálcio às paredes do túbulo renal.

Para fazer o chá, ferva 1 colher (sopa) das folhas secas da quebra-pedra, por 10 minutos, em 1 litro de água. 

Beba  de 2 a 3 xícaras por dia. 

Precauções: não beba o chá de quebra-pedra por mais de 21 dias, pois em excesso ele pode enfraquecer os dentes.  

Por isso, recomenda-se tomar o chá por até três semanas, fazer uma pausa de uma semana e depois voltar a tomar o chá, outra vez por no máximo três semanas. 

Contraindicações: este chá não deve ser consumido por grávidas, crianças e mulheres que amamentam.

Fonte: R7-Saúde/CuraPelaNatureza
 
Top