Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Saiba mais sobre esse tipo de suplemento e entenda como ele age no seu organismo

Emagrecedores termogênicos, também chamados de “queimadores”, auxiliam na aceleração da queima de gordura e perda de peso. Eles incentivam o organismo a produzir mais calor para serem digeridos, elevando a temperatura corporal e acelerando o metabolismo. Assim, mais gordura é queimada, gastando mais calorias, especialmente durante as atividades físicas. Ou seja, o uso dos emagrecedores termogênicos deve ser conjugado à prática de exercícios e deve ser acompanhado por uma alimentação balanceada. 

No Brasil e nos Estados Unidos, termogênicos à base de efedrina são proibidos. A efedrina é um composto químico similar à anfetamina, também de uso restrito, que atua mediante o aumento da temperatura do organismo, acelerando o metabolismo. Mas a droga causa dependência, além de outros problemas de saúde como vertigem, arritmias e hipertensão. Os termogênicos industrializados que possuem autorização para comercialização no Brasil são produzidos à base de cafeína.

Mais disposição

Os emagrecedores termogênicos também possuem uma outra função importante. Por acelerarem o metabolismo e os batimentos cardíacos, esse tipo de suplemento contribui para um aumento da disposição e para energia no desempenho de atividades físicas. Também estão disponíveis suplementos à base aminoácidos como L-Carnitina e Taurina, que não causam nenhuma forma de dependência e podem ser consumidos em doses moderadas e equilibradas, seguindo aconselhamento profissional de um médico ou de um nutricionista.

O estudante de nutrição e educação física Vinícius Siqueira consome esse tipo de produto que, segundo ele, potencializa o resultado dos seus treinos: “Eu percebi que ganhei mais disposição e energia quando ia malhar e consegui emagrecer também. Mas também não adianta nada usar o suplemento e não mudar a alimentação. E só comecei a usar após orientação do meu médico”. 

Há ainda termogênicos que contêm nutrientes variados como magnésio, cromo, vitamina C, para uma suplementação, com ação mais abrangente, oferecendo outros benefícios. Um novo ingrediente que tem sido usado em suplementos mais modernos é a sinefrina. Extraída da casca da laranja amarga, essa substância age como estimulante do sistema nervoso central (SNC), aumentando a energia, a disposição, diminuindo o apetite e ajudando a emagrecer. Na loja da Nature Center, é possível encontrar diversas opções de produtos e informações sobre os termogênicos.

Alternativas naturais

Algumas atitudes simples também podem colaborar para a aceleração do metabolismo. Diminuir o intervalo entre as refeições, que devem ser realizadas a cada duas horas, é importante pois ajuda o corpo a consumir mais energia, pois logo serão repostas. Quando a pessoa fica muitas horas sem comer, o organismo passa a economizar calorias, o que causa aumento de peso. 

Há ainda alimentos naturais considerados “termogênicos” como o café, guaraná em pó, chá branco e verde, canela e gengibre. Eles não necessariamente irão promover emagrecimento, mas seu consumo frequente pode trazer benefícios como o aumento de energia e melhor desempenho durante os exercícios. Outros exemplos são a pimenta vermelha, a mostarda e o vinagre de maçã. 

De acordo com alguns estudos científicos em seres humanos, a ingestão diária desses alimentos possibilitou um maior gasto energético após as refeições, ocasionando um aumento na queima de gordura. 

Pessoas hipertensas ou com problemas cardiovasculares precisam ter mais cuidado e devem evitar o consumo de alimentos termogênicos, tanto os industrializados quanto os naturais, que podem agir sobre o coração. Indivíduos com problemas na tireoide também devem ter cuidado ao usar esse tipo de suplemento, pois podem influir sobre a atividade do metabolismo, e devem buscar uma orientação profissional.

Fonte: DINO Visibilidade Online
 
Top