Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Especialista fala sobre as principais dúvidas sobre o método contraceptivo

Apesar de ser um dos métodos contraceptivos mais usados pelas mulheres, a pílula anticoncepcional ainda gera muitas dúvidas. A ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim Mariana Halla esclarece algumas dúvidas sobre a eficácia da pílula e possíveis efeitos colaterais. 


Quais são os efeitos colaterais do anticoncepcional? 

Os efeitos colaterais mais comuns são náuseas, dor de cabeça, sangramento irregular, acne e dor mamária. Eles costumam ser de baixa intensidade e mais frequentes nos primeiros meses de uso da pílula.


A pílula aumenta os seios? 

A pílula pode provocar inchaço e aumento da sensibilidade mamária. Esses sintomas tendem a regredir após três a seis meses do início de uso, afirma Mariana.

O anticoncepcional engorda? 

A ginecologista afirma que nos primeiros meses de uso da pílula, algumas mulheres costumam reter mais líquido do que outras, provocando uma sensação de inchaço e até de ganho de peso.

Ajuda a diminuir as espinhas?
Sim, a pílula auxilia no controle e diminuição dos níveis de testosterona, hormônio que deixa a pele mais oleosa e propensa às indesejadas espinhas.

Faz diminuir a libido?

Para a especialista, uma das ações da pílula no organismo feminino é a redução dos níveis de testosterona. — A alteração desse hormônio pode impactar na libido de algumas mulheres, além de provocar cansaço crônico, falta de disposição e dificuldade de ganhar massa magra.

Pode provocar trombose?

A pílula aumenta em quatro a oito vezes o risco de trombose nos membros inferiores, trombose pulmonar e até de AVC. Segundo Mariana, mulheres que já tiveram trombose ou apresentam histórico familiar não devem usar a pílula. Nesses casos, recomenda-se o uso do DIU de cobre ou DIU Medicado.

É possível engravidar tomando anticoncepcional?

Sim, é possível. O uso de alguns medicamentos, como antibióticos e anticonvulsivantes, podem reduzir a eficácia do anticoncepcional. O uso irregular da pílula também aumenta a chance de gravidez. Além disso, casos de diarreia ou vômito logo após a ingestão da pílula (em até duas horas após a ingestão) também podem diminuir sua eficácia

Fonte: R7-Saúde
 
Top