Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Beber duas xícaras de café por dia pode reduzir pela metade o risco de retorno de câncer de mama, concluiu um estudo.

Um coquetel de tamoxifeno - droga hormonal usada no combate ao câncer de mama - e dois copos de café por dia, reduzem o risco da volta dos tumores em 50% das mulheres que se recuperam da doença, disseram os pesquisadores.

O tamoxifeno mata células cancerígenas ou impede seu crescimento, bloqueando o hormônio estrogênio que causa câncer, no caminho das células doentes. É o principal medicamento administrado a mulheres que não passaram pela menopausa, e é geralmente tomada por cinco anos ou mais após o tratamento do câncer de mama.

Quando combinado com duas xícaras de café, pode ser ainda mais eficaz, de acordo com um estudo feito com 1.090 pacientes com câncer de mama, por pesquisadores britânicos e suecos da Universidade de Lund, na Suécia. Suas descobertas revelaram que as mulheres que tinham sido tratadas com tamoxifeno - e aquelas que tinham bebido pelo menos duas xícaras de café por dia - tinham apenas metade do risco do câncer voltar, em relação às que beberam menos café, ou até mesmo nenhum.

Ann Rosendahl, pesquisadora da Universidade de Lund, que realizou o estudo, disse: "O estudo mostra também que aqueles que bebiam pelo menos duas xícaras de café por dia tinham tumores menores e uma menor proporção de tumores hormônio-dependentes. Nós vimos que isto já era comum no momento do diagnóstico”.

O estudo também descobriu que as células de câncer de mama reagem com cafeína e ácido caféico, ambos encontrados na bebida. A cafeína faz com que as células se dividam com menos frequência e morram mais frequentemente, especialmente quando medicado pelo tamoxifeno. "Isso mostra que essas substâncias têm um efeito sobre as células de câncer da mama e desligam vias de sinalização que as células cancerígenas necessitam para crescer”,disse Rosendahl

Apesar de suas descobertas, os pesquisadores do estudo pretendiam frisar a importância da medicação prescrita no tratamento de câncer. “Eles são incrivelmente importantes, mas se você gosta de café e também está tomando tamoxifeno, não há razão para parar de beber. Apenas dois copos fazem a diferença", completou Rosendahl.

Respondendo ao estudo, Jackie Harris, especialista clínica em câncer de mama, disse: "Embora este seja um estudo interessante, mais pesquisas são necessárias antes que possamos entender completamente os efeitos que o café e a cafeína podem ter no crescimento de tumores ou no risco de recorrência. Fazer pequenas mudanças, como a manutenção de um peso saudável e fazer exercícios regularmente, pode ajudar a reduzir o risco do câncer de mama voltar”.

Fonte: Grupo Repórter 
 
Top