Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição (cóclea) e pelo equilíbrio (vestíbulo). As pessoas costumam chamar qualquer distúrbio na região do ouvido interno de labirintite. O termo correto é labirintopatia, sendo labirintite uma delas.

Sintomas de Labirintite
O principal sintoma da labirintite é a vertigem, em que a pessoa sente que tudo ao seu redor está girando. Muitas vezes ela pode vir acompanhada de outros sintomas, como:

- Tontura
- Náuseas e vômito
- Sudorese
- Alterações gastrintestinais
- Perda de audição
- Desequilíbrio
- Zumbidos no ouvido
- Audição diminuída
- Queda de cabelo.

A fase aguda da doença surge de repente, sem avisos, e costuma durar de minutos ou horas a dias, dependendo da intensidade da crise. Quando desencadeada por gripe ou resfriado, os sintomas da labirintite geralmente demoram cerca de uma a duas semanas para aparecer. Labirintite não causa desmaios, mas a recomendação é que a pessoa evite deitar para não agravar a tontura.

Tratamento de Labirintite
Na maioria das vezes a labirintite desaparece sozinha, o que costuma demorar algumas semanas para acontecer. Mas, quando necessário, o tratamento visa principalmente a redução dos sintomas. Se a causa for infecção bacteriana, o médico lhe receitará um antibiótico e os sintomas deverão desaparecer em breve também.

Em casos de infecções virais, o especialista deverá receitar medicamentos que ajudem a amenizar sintomas como náuseas e vômitos. Veja:

- Antihistamínicos
- Corticoides, como prednisona, quando os sintomas são graves
- Medicamentos para controlar náusea e vômitos
- Medicamentos para aliviar a tontura
- Sedativos.
- Remédios para vertigem também podem ser receitados, mas a recomendação é esperar que ela cessar naturalmente, já que a ação do medicamento faz com que os sintomas demorem um pouco mais de tempo para passar.

Fonte: Minha Vida
 
Top