Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


O que é Dor nas costas ?
A dor nas costas está entre as queixas físicas mais comuns. Elas podem ser leves ou extremas, rápidas ou constantes. Existem várias causas, fatores de risco e formas de prevenção para a dor nas costas. A dor nas costas pode originar na coluna vertebral, músculos, nervos ou a partir de outras estruturas na região. Ela também pode irradiar a partir de outros órgãos, como os rins ou ovários.

Causas
Entre as principais causas de dor nas costas estão:

- Quedas
- Estresse
- Exercícios praticados da maneira errada ou com carga muito alta
- Má postura
- Sedentarismo
- Hérnia de disco
- Ciática
- Artrose
- Lombalgia
- Dorsalgia
- Espondilite Anquilosante
- Espondilolistese
- Artrite reumatoide
- Alterações na coluna como lordose, escoliose e cifose
- Estenose espinhal
- Aneurisma na aorta
- Síndromes de dor músculo-esquelética, como fibromialgia ou polimialgia
- Infecções dos ossos da coluna vertebral como osteomielite.
- Uma dor decorrente de outros órgãos também pode ser sentida nas costas. Muitos distúrbios intra-abdominais pode causar dor irradiada nas costas, entre eles:

- Apendicite
- Cálculo renal
- Pedra na vesícula
- Infecções da bexiga
-Endometriose
- Câncer de ovário
- Cistos ovarianos
- Torção testicular

O que é Lombalgia?
A lombalgia acontece quando uma pessoa tem dor na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna perto da bacia. É também conhecida como "lumbago", "dor nas costas", "dor nos rins" ou "dor nos quartos". Não é uma doença, é um tipo de dor que pode ter diferentes causas, algumas complexas. No entanto, na maioria das vezes, o problema não é sério. Algumas vezes, a dor se irradia para as pernas com ou sem dormência.

Causas
Frequentemente, o problema é postural, isto é, causado por uma má posição para sentar, se deitar, se abaixar no chão ou carregar algum objeto pesado. Outras vezes, a lombalgia pode ser causada por inflamação, infecção, hérnia de disco, escorregamento de vértebra, artrose (processo degenerativo de uma articulação) e até problemas emocionais.

A lombalgia tem como principais causas a má postura, inflamações e hérnia de disco

Tipos
Há dos tipos de lombalgia: aguda e crônica. A forma aguda é o "mau jeito". A dor é forte e aparece subitamente depois de um esforço físico. Ocorre na população mais jovem. A forma crônica geralmente acontece entre os mais velhos; a dor não é tão intensa, porém, é quase permanente.

Tratamento de Lombalgia
Na crise aguda de lombalgia, o exercício está totalmente contraindicado. Deve-se fazer repouso absoluto, deitado na cama. Uma alternativa é deitar de lado em posição fetal (com as pernas encolhidas). Não estão indicados na fase aguda: tração, manipulação, RPG, cinesioterapia, alongamento e massagem.

Os analgésicos e os anti-inflamatórios podem ser usados. Sedativos são úteis para ajudar a manter o paciente em repouso no leito. Existem outras substâncias muito usadas, porém sem nenhuma eficácia científica comprovada, tais como: vitamina B12, cortisona, cálcio, gelatina de peixe, casca de ovo, casca de ostra e geleia de tubarão. Nenhuma delas tem efeito comprovado. Nota-se que, quanto mais bem feito o repouso, menos medicamentos são necessários. Obviamente, deve-se tratar a causa da lombalgia.

Nem todos os casos de hérnia de disco têm de ser operados. Quase todos regridem com repouso no leito, sem necessidade de cirurgia. Assim, a hérnia murcha e deixa de comprimir estruturas importantes, como os nervos. O tratamento cirúrgico está indicado apenas nos 10% dos casos em que a crise não passa entre três a seis semanas, em pacientes que têm crises repetidas em um curto espaço de tempo ou quando existem alterações esfincterianas (perda de controle para urinar e defecar).

Enquanto, no adulto, a maioria das lombalgias tem causas e tratamentos simples, a dor lombar no adolescente é incomum e com causas que devem ser investigadas cuidadosamente pelo médico ortopedista.

Fonte: MinhaVida-Saúde e AmBr
 
Top