Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


O que é Lesão na medula espinhal?
Uma lesão na medula espinhal é, como o próprio nome diz, qualquer tipo de dano causado à medula, que é parte fundamental do sistema nervoso central. Essas lesões podem ocorrer quando há danos às células dentro da medula ou quando os nervos que correm para cima e para baixo na medula são lesionados. Muitas causas podem estar envolvidas em uma eventual lesão na medula.

A medula espinhal

A medula espinhal passa pelo pescoço e pelas costas e é protegida pela coluna vertebral, que fornece suporte para o tronco e outras estruturas ao redor. A medula espinhal é cercada, também, pelos chamados discos vertebrais, que servem como amortecedores ao caminhar, correr ou saltar. É graças a esses discos, também, que a espinha pode ser flexionada ou estendida.
A medula espinhal é parte fundamental do sistema nervoso central, composto também pelo cérebro. Aqui, o cérebro funciona principalmente para receber impulsos nervosos da medula e de nervos cranianos. Já a medula contém os nervos que transportam mensagens neurológicas do cérebro para o restante do corpo.

Causas
Uma lesão na medula espinhal pode ser causada por diversos motivos distintos. Veja:

- Ferimento de bala ou por faca
- Trauma direto no rosto, no pescoço, na cabeça, no peito ou nas costas
- Acidente de automóvel
- Choque elétrico
- Contorção extrema da parte central do corpo
- Queda sobre a cabeça durante uma lesão esportiva
- Queda de uma grande altura.

Sintomas de Lesão na medula espinhal
Os sintomas de uma lesão na medula espinhal variam conforme a área em que houve o trauma. Essas lesões geralmente causam fraqueza e perda sensorial no local e abaixo dele. A intensidade dos sintomas depende da gravidade lesão, ou seja, se a medula estiver grave ou completamente lesionada ou apenas parcialmente.

Alguns sintomas são comuns, independentemente do local da lesão, eles são:

- Perda do controle normal do intestino e da bexiga (com possibilidade de ocorrer constipação, incontinência urinária e espasmos na bexiga)
- Dormência
- Alterações sensoriais
- Espasticidade (aumento do tônus muscular)
- Dor
- Fraqueza e paralisia.


Tratamento de Lesão na medula espinhal


Uma lesão na medula espinhal é uma emergência médica que requer tratamento imediato para reduzir os efeitos no longo prazo. O tempo que se leva para iniciar o tratamento após a lesão ter ocorrido é um fator fundamental que afeta diretamente no resultado e na eficácia do tratamento.

Corticoides são comumente usados para minimizar a inflamação que pode lesionar a medula espinhal. Se a compressão na medula espinhal for causada por um hematoma ou um fragmento de osso, que podem ser removido ou reduzidos antes que os nervos fiquem completamente destruídos, a paralisia pode ser minimizada. O ideal é que os corticoides sejam administrados imediatamente após a ocorrência da lesão.

A cirurgia pode ser necessária para:

- Remover líquidos ou tecidos que pressionam a medula espinhal
- Remover fragmentos de ossos, fragmentos do disco ou corpos estranhos
- Fundir o ossos fraturados ou implantar próteses na coluna.
- O repouso absoluto é necessário para que os ossos da coluna, que carregam a maior parte do peso do corpo, se recuperem totalmente.

Também pode ser recomendada a tração espinhal. Isso ajuda a coluna a não se movimentar. É possível que seja necessário o uso de próteses por um longo tempo.

A equipe de assistência médica fornecerá informações sobre espasmos musculares, cuidados com a pele e disfunção da bexiga e do intestino.

Serão necessárias sessões de fisioterapia e terapia ocupacional extensivas, além de outras terapias de reabilitação depois que a lesão aguda tiver sido curada. A reabilitação ajuda a pessoa a lidar com a deficiência proveniente do trauma da medula espinhal.

Fonte: Minha Vida
 
Top