Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


1- Meus tios fazem um tratamento (fisioterapia do sangue). Retira-se sangue de uma parte do corpo e coloca-se em outra uma vez por semana. Minha tia tem artrite e osteoporose. Faz uso contínuo de Meticorten, 20 mg, para aliviar dores, além de outros comprimidos. Meu tio, a cada dia, vem perdendo a sustentabilidade das pernas, locomovendo-se somente com ajuda de uma pessoa para manter-se equilibrado ou escorando pelas paredes. Devo lhe informar que ele faz uso constante de bebidas alcoólicas e fuma de dois a três maços de cigarro por dia e leva uma vida sedentária. Finalizando, informo que, em ambos os casos, a chamada fisioterapia do sangue não apresenta melhora. 
loading...
Bruno - Santa LuziaA auto-hemoterapia encontra-se rodeada de polêmicas. Alguns autores consideram que ela apresenta riscos à saúde. A ausência de indicações comprovadas é parte do motivo pelo qual, no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) considerou o uso da auto-hemoterapia uma infração sanitária, e, em consequência, sujeita os envolvidos (ativa ou passivamente) às penalidades previstas na lei. Por outro lado, alguns dos defensores da prática afirmam que, por trás do seu não reconhecimento, estariam interesses prejudicados da indústria farmacêutica, já que o tratamento dispensa o uso de diversos medicamentos. A técnica consiste na prévia extração de sangue venoso do paciente seguida de sua reinjeção intramuscular na mesma pessoa, o que, segundo advertem autoridades sanitárias, pode ocasionar abscessos na pele, dores, edemas, hematomas, infecções. Também pode evoluir para quadros clínicos mais severos, como a coagulação intravascular disseminada, sangramento generalizado, entre outros efeitos, podendo eventualmente levar a óbito. Convém vocês procurarem um hematologista, pois é o único clínico que pode indicar procedimentos hemoterapêuticos. O Meticorten usado por sua tia possui potente ação anti-inflamatória, antirreumática e antialérgica no tratamento de distúrbios, que respondem a corticosteroides. Portanto, se bem tolerado, serve para amenizar as dores, desde que indicado por um médico. Quanto ao seu tio, a vida sedentária, misturada com tabaco e álcool, pode estar suprimindo várias vitaminas do seu corpo, como a B1, por exemplo, que ajuda a substituir as deficiências causadas pelo alcoolismo, cirrose e problemas de absorção, sendo utilizada como suplemento alimentar para tratamento de problemas alcoólicos.
2- Gostaria de saber sua opinião em relação ao uso do hormônio Tibolona, pois fiz uma cirurgia de cisto no ovário quando tinha 16 anos e, novamente, aos 36 (oferectomia direita e esquerda). A médica me explicou que teria que fazer o uso deste medicamento para reduzir os sintomas da menopausa, mas verifiquei que pode causar tumores malignos com o uso.Qual sua opinião a respeito? 
Denise - por e-mailA Tibolona é uma substância que, quando absorvida pelo organismo, é metabolizada em três outras substâncias que têm a ação dos hormônios produzidos nos ovários (estrógeno, progesterona e andrógenos). Naturalmente, estes são produzidos de uma forma sequencial. A Tibolona é considerada uma forma de terapia hormonal combinada contínua de baixa dose, para repor os hormônios de quem precisa. É muito segura e usada no mundo todo. De modo geral, o câncer origina-se de um erro genético e os hormônios não têm a propriedade de produzir lesão no DNA da célula. Como a falta dos hormônios pode piorar muito a qualidade de vida da pessoa, discuta com seu médico a relação entre os benefícios e os malefícios para sua saúde de usar e não usar estes hormônios. Ele tem condições de avaliar continuamente a ação destes no seu organismo, evitando efeitos indesejados.
 
Top