Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético



A comida é o combustível do corpo. A ingestão de determinadas substâncias, como vitaminas e minerais, são essenciais ao bom funcionamento do organismo. Nada melhor do que uma receita prática, saborosa e, claro, cheia de nutrientes.

Dia da Nutrição: receita com endívias une sabor e ingredientes saudáveis.

O Dia da Nutrição requer uma comemoração à altura. Para isso, Mauro Mason, chef com vasta experiência internacional e planos de abrir seu próprio restaurante de gastronomia contemporânea em breve, desenvolveu uma receita que une ingredientes saudáveis e nutritivos sem abrir mão do sabor do prato: salada de endívias com maçã e pepino.

"A endívia, protagonista da receita, é um alimento de baixa caloria, rica em cálcio, vitamina A, fibras e minerais como potássio e ferro", pontua o chef. Além disso, a maçã, com suas propriedade, auxilia no combate ao diabetes e ao colesterol; e o pepino, por sua vez, contribuiu com vitaminas, fósforo, zinco e magnésio. As proteínas, tão necessárias à saúde dos músculos, aparecem fartamente no iogurte grego, dando aquele toque especial à composição do prato.
Ficou com água na boca? Então anote os itens e o modo de preparo. Simplicidade, sabor e nutrição são os aspectos marcantes dessa receita – o que a faz perfeita para a data.

Salada de endívias com maçã e pepino

Ingredientes:
- 2 endívias cortadas em tiras finas
- 1 pepino
- 1 maçãs Granny Smith
- ½ maço de cebolinha picada
- ½ copo de iogurte grego
- 1 colheres de chá de mostarda Dijon
- Suco de meio limão
- 1 col de azeite
- Sal e pimenta a gosto

Preparo:
- Em um bowl, misture o iogurte, o azeite, a mostarda, o suco de limão, o sal e a pimenta.
- Corte as endívias e a maçã em tiras e os pepinos em rodelas.
- Misture tudo e sirva a salada levemente gelada.

MAURO MASON é chef de cozinha por paixão. Formado em Relações Internacionais pela FAAP e pós-graduado em Administração pela FGV, abandonou o mundo dos negócios em 2010, quando abraçou sua paixão pela culinária na The Culinary Institute Of America (CIA), em Nova York (EUA), considerada a melhor escola de culinária do mundo. Depois da experiência, trabalhou em NY em restaurantes como o Telepin, o Escoffier Room, o Colavita Catarina di Medici e o Henry's at Buttermilk Falls. Além disso, na Espanha, trabalhou no País Basco nos restaurantes Iñigo Lavado e Singular. Atualmente, atua na área gastronômica como consultor para empresas do setor e é docente em várias escolas da região. Prepara, para 2015, a abertura de seu próprio restaurante de culinária contemporânea em Campinas, interior de São Paulo.

 
Top