Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético

Crianças que sorem de Transtorno Global de Desenvolvimento (TGD) serão diretamente beneficiados com a parceria.

Há muitos anos a Risa, empresa paranaense especializada em refeições coletivas, vem trabalhando para promover um desenvolvimento sustentável, impulsionando mudanças positivas nas mais diferentes esferas. E a empresa de dar um grande passo para contribuir com o futuro da educação no Brasil.

Ela é a mais nova investidora da ASID – Ação Social para Igualdade das Diferenças. A organização, sem fins lucrativos, busca o aumento da qualidade de ensino e oferta de vagas de escolas especiais gratuitas. Suas atividades já receberam muitos prêmios, entre eles o “Jovens Inspiradores 2014”, da Revista Veja.

E, em parceria com a ASID, a Risa vai realizar um importante projeto com os alunos da Escola Alternativa, localizada em Curitiba (PR).  Criada em 1982, a escola atende mais de 100 alunos, acima de quatro anos, com TGD. As crianças contam com suporte pedagógico e realizam atividades a fim de estimular sua coordenação motora e raciocínio, como educação artística e culinária.

E, aproveitando todo o know how na área de refeições coletivas, segurança e qualidade de alimentos, a Risa beneficiará os alunos por meio da reformulação de seus cardápios, que será feita por uma equipe de nutricionistas, além de direcionar cozinheiras voluntárias para ensinar novas receitas e técnicas para melhor aproveitamento dos alimentos. “Também vamos apoiar a escola com a metodologia”, acrescenta a gerente de RH da empresa, Kamille Dantas.

TGD


Para quem não sabe, são distúrbios nas interações sociais que normalmente manifestam-se nos primeiros cincos anos de vida. Crianças com TGD têm dificuldade em iniciar e manter uma conversa. Algumas podem evitar o contato visual e demonstram aversão ao toque de outros, preferindo manter-se isoladas. Os transtornos ainda causam variações na atenção, concentração, humor e também na coordenação motora. Além disso, essas crianças podem repetir a fala dos outros ou comunicar-se por meio de gestos, entre outros fatores.



Mais informações para a imprensa:
Pontuale Comunicação & Marketing: www.pontualecomunicacao.com.br

Jornalista Caroline Michel: caroline@pontualecomunicacao.com.br
Skype: carolpontualecomunicacao

Telefone: (041) 9653.9507
 
Top