Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


 A tintura de louro tem ação analgésica e anti-inflamatória e é excelente para tratar reumatismo e dores musculares.

Ela também é muito boa em casos de gripe resfriado, bronquite, tosse e outras doenças que atingem o aparelho respiratório.

E tudo isso graças ao louro.

Esta folha é mais usada como tempero, porém é muito mais do que isso.

No louro encontramos o cineol e o eugenol, óleos essenciais com atividade antibiótica e expectorante.

E o segredo do poder do louro certamente deve-se a esses óleos.

A ação broncodilatora do cineol e eugenol vem sendo amplamente estudada.

E quase a totalidade das pesquisas comprovam o poder medicinal dessas substâncias.

Não por acaso, na medicina popular é reconhecido o poder do louro para aliviar dores, reduzir os gases intestinais, combater gripe, resfriado, bronquite, tosse e outros problemas respiratórios.

Uma das maneiras mais eficazes para aproveitar as propriedade medicinais de uma planta é mediante o consumo de sua tintura-mãe.

É por isso que vamos agora ensinar a você a preparar a tintura de louro.

Ingredientes:

- 15 gramas de folhas secas de louro (mais ou menos 3 colheres de sopa)

- 300mL de vodca ou cachaça

Modo de preparo:

- Pique as folhas de louro em pedaços pequenos e coloque em uma garrafa escura de vidro. 

- Adicione cachaça ou vodca e feche bem a garrafa.

- Coloque bem fechado em um lugar quente (acima de 25 graus) e deixe repousar por 10 dias.

- Após 10 dias, coe e transfira o líquido para uma garrafa de boa vedação.

Modo de usar:

- Você pode usar a tintura para massagear as áreas dolorosas. 

- Ou consumir 10 gotas dissolvidas na água, 3 vezes por dia, antes das refeições.

Cuidados

- A tintura de louro não deve ser usada por mais de um mês. 

- Você deve fazer uma pausa de pelo menos 15 dias antes de retomar o consumo. 

- As mulheres grávidas e crianças menores de 6 anos de idade não devem usar esta tintura.

Fonte: R7-Saúde/CuraPelaNatureza 
 
Top