Já saber viralizar no Facebook?

Já saber viralizar no Facebook?
Seja Magnético


Em 2013, cientistas da Universidade de Nagoya se propuseram a descobrir por que os galos cantam, na maioria das vezes, duas horas antes de amanhecer.

Qual seria o relógio biológico tão cronometrado do animal e qual o motivo? Ainda bem que a ciência existe para desvendar essas dúvidas. Ou ao menos tentar.

Liderados pelo professor Takashi Yoshimura, vários experimentos foram realizados, como colocar várias espécies do animal em ambientes distintos para analisar suas reações individuais. O intuito era diferenciá-los em condições bem distintas, como incidência de luzes, sons e outras interferências.

A conclusão do estudo mostrou que os galos cantam várias vezes ao longo do dia, não apenas pela manhã, e são influenciados por fatores externos. Por exemplo: sons e luzes mais intensas representam uma ameaça para o galo, que solta a voz para mostrar imposição. Isso ocorre sempre que ele acreditar estar correndo algum tipo de perigo.

Por conta disso, acredita-se que eles cantam ao amanhecer devido à alteração de luz, de escuro, para claro. Mas, então, por que isso acontece sempre duas horas antes da luz incidir, de fato?

Os cientistas, após a análise, acreditam que o canto adiantado pela manhã sirva como forma de demarcação territorial. Ou seja, eles tentam mostrar quem manda no grito.

"Nossos dados preliminares sugerem que o galo mais qualificado tem prioridade em cantar pela manhã, e o menos qualificado é paciente o suficiente para esperar e segui-lo todos os dias", revelou Yoshimura. Apesar disso, ainda não existe uma confirmação dos fatos.

Fonte: Jornal Ciência
 
Top